Created with Snap
plano de cargos e salários

Plano de cargos e salários: qual a sua importância e como criá-lo?

Dentre os aspectos mais importantes para os colaboradores dentro de uma companhia, certamente podemos mencionar as necessidades básicas asseguradas. Uma organização que tenha um plano de cargos e salários garante à equipe uma maior estabilidade e, como consequência, uma maior continuidade na empresa.

Times de RH devem levar em conta que, além dos treinamentos, salas de jogos e ambientes “relax”, o essencial mesmo continua sendo o salário e os benefícios, pois será com isso que o colaborador contará para pagar suas contas pessoais, sustentar a família, etc.

Por isso, criamos este conteúdo para apresentar as principais informações a respeito do plano de cargos e salários, sua importância para toda a equipe e como criar um modelo eficaz para sua empresa. Então, vamos lá!

Qual a importância do plano de cargos e salários?

Primeiramente, é muito importante entender a diferença entre plano de cargos e salários e plano de carreira.

O primeiro é mais técnico e serve como um manual que estabelece os cargos, funções, competências e as faixas salariais. Assume grande importância para nortear os papéis e os valores dos salários com clareza, informando a todos da companhia.

O segundo já funciona como uma forma de guia para que cada funcionário entenda o caminho que vai percorrer dentro de uma organização, determinando as competências necessárias baseadas por hierarquia.

Isso significa que tais planos são complementares. No entanto, aqui daremos ênfase aos planos de cargos e salários, já que isso garante que cada um esteja ciente da importância de seu trabalho dentro da equipe e que contribua para os resultados do negócio.

Leia também:  8 ações para engajar colaboradores e líderes

Abaixo, listamos seus principais benefícios:

  • define a política salarial baseada em competências, deixando de lado distinções como raça, cor, etnia ou sexo;
  • equilibra com o mercado as faixas salariais de cada cargo;
  • cria um desenho estratégico do perfil de cada vaga;
  • aumenta a produtividade e eficiência, uma vez que os funcionários compreendem que seus salários poderão aumentar de acordo com sua performance;
  • melhora a comunicação dentro da empresa e evita “fofocas”;
  • mantém maior harmonia por cada funcionário/gestor saber suas tarefas, sem absorver nada a mais;
  • ajuda na criação de um plano de carreira.

Agora que você já sabe os benefícios do plano de cargos e salários, chegou a vez de entender como estruturá-lo da maneira correta.

Plano de cargos e salários

Como estruturar um plano de cargos e salários?

Abaixo, listamos os principais passos para estruturar um bom plano. No entanto, lembre-se sempre de avaliar as necessidades e especificidades de sua empresa antes de defini-lo permanentemente.

2) Identifique todos os departamentos e quais cargos existem em cada um

Antes de montar o plano de cargos e salários, é necessário fazer um levantamento com todas as equipes. Para tanto, é possível realizar uma entrevista ou até mesmo uma pesquisa por e-mail. Sugerimos o seguinte padrão de informações na coleta:

  • nome;
  • cargo;
  • cargo do superior;
  • tarefas diárias (aquelas que são realizadas com frequência): como são feitas, para que são feitas e suas descrições;
  • tarefas periódicas (aquelas que são realizadas com frequência mensal, bimestral, trimestral ou anual): como são feitas, para que são feitas e suas descrições;
  • tarefa mais complexa e o seu porquê;
  • nível de instrução do colaborador;
  • tempo mínimo de experiência para exercer o cargo;
  • quais máquinas e softwares são utilizados;
  • quais treinamentos são relevantes.
Leia também:  Afinal, o gerenciamento de entrega é importante para o cliente?

Após coletar todas as informações, é muito importante analisá-las e padronizá-las, ou seja, verificar se todos os cargos que foram preenchidos realmente fazem sentido ou se falta algum. É muito rotineiro que vários cargos apresentem nomes diferentes, mas exerçam tarefas parecidas – portanto, esteja atento.

2) Estabeleça a faixa salarial para cada cargo

Após entender e ter bem definidos quais os cargos de cada área, é hora de estabelecer as faixas salariais. É possível utilizar como base o questionário realizado ou a média do que é pago pelo mercado.

Para isso, é fundamental ter em mente quais são as competências de cada um (experiência, nível de escolaridade, etc.) e as suas habilidades (trabalho em equipe, perfil de líder, etc.).

3) Faça cálculos para entender a possibilidade de um aumento salarial

Num plano de cargos e salários é entendido que cada vez que alguém for promovido, isso representa um aumento em porcentagem sobre o valor depositado no holerite. Portanto, é importante calcular o quanto tais promoções vão impactar o caixa da empresa.

Lembrando que um funcionário não custa somente o valor de seu salário, já que é necessário pagar todos os direitos do regime CLT, o que representa quase o dobro do que ganha.

4) Consolide a política e apresente-a aos colaboradores da empresa

Após definir tudo, é hora de consolidar o resumo em um documento (físico ou digital) para que todos tenham acesso e possam esclarecer suas possíveis perguntas. Assim, também saberão qual o caminho que devem galgar para uma futura promoção, aumentando sua motivação e produtividade.

É bom lembrar que o documento não serve só como um guia para a equipe de recursos humanos (atração de talentos) e de folha de pagamento – ela também deve ser compartilhada com todos da empresa.

Leia também:  Cultura e clima organizacional: saiba como incentivá-los na prática

Se optar por compartilhar de forma física, garanta que o informativo esteja em todos os locais, onde todos possam ver. Caso sua empresa tenha colaboradores com deficiência visual, certifique-se de que haja cópias em braile, por exemplo. Assim, todos estarão a par da notícia.

Caso decida fazer isso de forma on-line, lembre-se de que o e-mail não é a única solução: o Workplace é uma ferramenta cada vez mais utilizada nas corporações. Além de unir os funcionários, ela facilita a comunicação, principalmente no que se refere aos avisos. Por isso, tente experimentá-la para essa divulgação.

Viu como o plano de cargos e salários é extremamente importante para todos dentro do ambiente corporativo? Então, que tal colocá-lo em prática agora mesmo? Para tanto, lembre-se de entrevistar todos os colaboradores e de utilizar as informações sugeridas ou outras que considerar relevante. Por fim, analise sempre os percentuais de elevação de salário em promoções para poder acompanhar o caixa da empresa.

Se você gostou deste artigo, acesse nosso blog e descubra ainda mais dicas que vão ajudar muito sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de:

© 2022 Unidas Frotas. Vamos juntos. - Todos os direitos reservados